Dica 1- Quem é a Maior Autoridade Sobre Patente?

A pessoa que mais entende sobre sua Patente é o próprio inventor.

 

Dica 2- Como Posso Fazer a Redação de Patente?

A Redação de Patente pode seguir o modelo disponibilizado pelo próprio Instituto Nacional da Propriedade Industrial - INPI. Escritórios e consultores vão te ajudar a fazer a redação, mas não vão ser inventores.

 

Dica 3- Qual a Melhor Forma de Fazer uma Patente?

A Redação de Patente não precisa trazer todos os detalhes, precisa apenas "Fazer Sentido". Por exemplo, quando falamos de um conjunto de engrenagens formada por dois eixos em paralelo com duas rodas de diâmetros diferentes, ligados por uma correia. Resultando em uma redução de esforço X > X4, ou seja, de um para quatro vezes. Observe que não falei o tamanho dos eixo, roda ou correia. Tão pouco descrevi os materiais. Contudo, se fizer sentido o que está sendo exposto, ainda que não se tenha um estudo acadêmico ou protótipo, o analista poderá concluir com base na norma que é patente, sim!

 

Dica 4- Posso Vender Algumas Invenções para Poder Fazer a Patente?

Nunca venda, comercialize ou divulgue algo que tenha a intenção de patentear. Caso isso ocorra e alguém denuncie ao INPI, o processo cairá em domínio público e qualquer pessoa poderá usar o conhecimento descrito na patente. 

 

Dica 5- Posso Fazer Uma Patente Internacional?

Caso você pense em fazer uma Patente Internacional, por meio do Tratado de Cooperação de Patentes (PCT). Isso é possível fazer inicialmente no Brasil e em até 12 meses da data do pedido de patente protocolar o PCT e indicando os países que deseja, recolhendo as taxas referentes a cada processo no país de interesse. Há, tudo isso pode ser feito direto do no INPI aqui no Brasil mesmo!

 

Dica 6- Posso Patentear uma Ideia?

Não. Em primeiro lugar, a Lei de Propriedade Industrial (LPI) exclui de proteção como invenção e como modelo de utilidade uma série de ações, criações, ideias abstratas, atividades intelectuais, descobertas científicas, métodos ou inventos que não possam ser industrializados. Algumas destas criações podem ser protegidas pelo Direito Autoral, que nada tem a ver com o INPI.

 

Dica 7- A Patente Dura Quanto Tempo?

A patente de invenção é válida pelo prazo de 20 (vinte) anos e a de modelo de utilidade, aperfeiçoamento de uma patente, pelo prazo 15 (quinze) anos, ambas contados da data de depósito. 

 

Dica 8- Por que é Bom Fazer a Pesquisa Sobre a Patente?

Quando você faz uma pesquisa sobre a sua invenção, isso pode evitar problemas com outras patentes já existentes e válidas. Contudo, se nada for encontrado você seguirá com grandes chances de obter a patente de sua invenção.

 

Dica 9- Posso Patentear um Produto Similar a Outro que Já Está Patenteado?

Não. A invenção não pode ser idêntica ou similar a uma já patenteada. Por isso é muito importante fazer a patente de sua invenção!

 

Dica 10- Para Patentear um Produto Preciso Apresentar o Protótipo?

Não. O INPI não solicita protótipo. Na redação é solicitado apenas um desenho ou ilustração para poder facilitar o entendimento do equipamento.

 

BÔNUS PARA QUEM CHEGOU ATÉ AQUI

 

Dica 11- Posso Fazer a Patente da Invenção e Marca em um mesmo Processo? 

Não. Mesmo a Patente e o Registro de Marca sendo processado no INPI, são processos diferentes. Patente é usado para Invenções e Registro de Marca para Marcas. Sendo assim, quando desenvolver uma Patente é importante lembrar de fazer o Registro de uma Marca associada ao produto, serviço e/ou comércio resultado do invento. A Marca acaba sendo um excelente investimento já que é possível renovar a cada 10 anos e reinar no mercado com exclusividade. Consulte se sua marca está disponível para registro,